Pecado que leva à morte

O versículo em questão é 1 João 5:16, que na sua forma original em grego é o seguinte:

Ἐὰν ἴδῃ τις τὸν ἀδελφὸν αὐτοῦ ἁμαρτάνοντα ἁμαρτίαν μὴ πρὸς θάνατον, αἰτήσει, καὶ δώσει αὐτῷ ζωήν, τοῖς ἁμαρτάνουσιν μὴ πρὸς θάνατον. ἔστιν ἁμαρτία πρὸς θάνατον· οὐ περὶ ἐκείνης λέγω ἵνα ἐρωτήσῃ.

A tradução do versículo para o português é a seguinte:

“Se alguém vir seu irmão cometer pecado que não leva à morte, ore, e Deus dará vida a esse irmão. Refiro-me àqueles cujo pecado não leva à morte. Há pecado que leva à morte; não estou dizendo que se deva orar por esse.”

A análise histórica e gramatical do texto em grego nos permite entender melhor o seu significado.

o verbo ἴδῃ (idē)

Primeiramente, o verbo ἴδῃ (idē) no início do versículo indica uma condição hipotética, ou seja, a ação de ver ou testemunhar o pecado do irmão é apresentada como uma possibilidade.

ἀδελφὸν (adelphon)

O termo ἀδελφὸν (adelphon) refere-se ao irmão em Cristo, um dos membros da comunidade cristã.

ἁμαρτάνοντα (hamartanonta)

O verbo ἁμαρτάνοντα (hamartanonta) indica a ação de cometer pecado. A palavra ἁμαρτία (hamartia) significa pecado ou falha moral.

ἁμαρτίαν μὴ πρὸς θάνατον (hamartian mē pros thanaton)

A expressão ἁμαρτίαν μὴ πρὸς θάνατον (hamartian mē pros thanaton) se refere a um pecado que não leva à morte, ou seja, um pecado que pode ser perdoado e não resulta em separação eterna de Deus.

αἰτήσει (aitēsei)

A palavra αἰτήσει (aitēsei) significa orar ou fazer uma petição.

τοῖς ἁμαρτάνουσιν μὴ πρὸς θάνατον (tois hamartanousin mē pros thanaton)

A expressão τοῖς ἁμαρτάνουσιν μὴ πρὸς θάνατον (tois hamartanousin mē pros thanaton) se refere àqueles cujo pecado não leva à morte, ou seja, aqueles que podem ser perdoados.

O versículo também menciona a existência de um pecado que leva à morte, mas não é especificado qual é esse pecado. Por isso, a recomendação é que não se ore por aqueles que cometem esse tipo de pecado.

ἵνα ἐρωτήσῃ (hina erōtēsē)

A construção ἵνα ἐρωτήσῃ (hina erōtēsē) no final do versículo indica que a oração não deve ser feita por aqueles que cometem pecado que leva à morte. O verbo ἐρωτάω (erōtaō) significa “perguntar” ou “pedir”, e sua forma conjugada no subjuntivo indica que a oração é feita com o objetivo de pedir ou suplicar.

A exegese do versículo 1 João 5:16 nos ensina que devemos orar pelos irmãos que cometem pecados que não levam à morte, para que Deus possa conceder-lhes vida. Porém, o texto adverte que existe um tipo de pecado que leva à morte e que não deve ser objeto de oração. A interpretação precisa do que é esse pecado que leva à morte tem sido objeto de debate entre os estudiosos, mas a mensagem geral do versículo é clara: devemos orar por nossos irmãos em Cristo e buscar a reconciliação com aqueles que caíram em pecado.

Existem diversas opiniões sobre o que é o “pecado que leva à morte” mencionado em 1 João 5:16.

Abaixo, apresento algumas das principais interpretações:

1. Pecado de apostasia

De acordo com essa interpretação, o “pecado que leva à morte” se refere ao abandono da fé em Jesus Cristo e à rejeição consciente e deliberada do evangelho. Segundo essa visão, o pecado que leva à morte é uma apostasia final, que resulta na perda da salvação e na morte espiritual.

2. Blasfêmia contra o Espírito Santo

Outra interpretação comum é que o “pecado que leva à morte” se refere à blasfêmia contra o Espírito Santo, mencionada por Jesus em Mateus 12:31-32. Segundo essa interpretação, esse pecado consiste em atribuir as obras do Espírito Santo a Satanás, e é considerado imperdoável.

3. Pecado deliberado e persistente

Há também quem interprete que o “pecado que leva à morte” se refere a um pecado deliberado e persistente, cometido por alguém que sabe que está pecando e continua fazendo isso conscientemente, sem arrependimento. De acordo com essa interpretação, a pessoa que comete esse tipo de pecado se afasta de Deus e não pode ser salva.

4. Morte física

Alguns comentaristas argumentam que o “pecado que leva à morte” simplesmente se refere à morte física, e não a um tipo específico de pecado. Nesse sentido, a oração mencionada no texto seria uma oração por cura ou por proteção contra a morte, mas que não teria efeito se a pessoa já estivesse destinada a morrer.

5. Pecado de conduta imoral

Outra interpretação possível é que o “pecado que leva à morte” se refere à prática persistente e desenfreada de pecados sexuais ou imorais. Segundo essa visão, a morte mencionada no versículo não seria necessariamente a morte espiritual, mas sim uma morte física prematura ou um julgamento divino sobre a vida do crente.

✍️Artigo: SAJ

Postagens Relacionadas